Reforma da previdência no Brasil: aposentadoria pública fásica ou gradual

  • Abraham Bragança De Vasconcellos Weintraub UNIFESP
  • Arthur Bragança De Vasconcellos Weintraub UNIFESP

Resumen

Este artigo avalia o atual momento brasileiro no qual a reforma da previdência se enquadra na prioridade governamental. Critica-se a visão purista de abordagem do tema. Visão pautada somente em direito, ou somente em matemática ou economia. São apresentados aspectos novos que nunca foram aventados no contexto brasileiro, tais como aposentadoria fásica e autonomia do INSS. Existem tecnologias mais sofisticadas do que a aborgadem dicotomica atual e tradicional brasileira, na qual ou se ignora a atuária, o populista “déficit social”, ou se prioriza o fiscalismo da idade mínima. A interdisciplinaridade é a mais adequada resposta ao problema previdencial no Brasil. Direito, Economia, Contabilidade e sobremodo Ciências Atuariais são apresentados dentro da interface inerente das áreas científicas para o campo de Seguridade Social.

Biografía del autor

Professor de Direito Atuarial e Previdenciário da UNIFESP.
Compartir
Cómo citar
Bragança De Vasconcellos Weintraub, A., & Bragança De Vasconcellos Weintraub, A. (2016). Reforma da previdência no Brasil: aposentadoria pública fásica ou gradual. Revista Chilena de Derecho del Trabajo y de la Seguridad Social, 7(13), pp. 85-95. doi:10.5354/0719-7551.2016.42515
Publicado
2016-07-29