Os odontólogos em suas relações de trabalho

  • Paulo José Libardoni Faculdade Metodista Centenário, FMC, Brasil
  • Rodrigo Wasem Galia Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil
  • Gabriel Eidelwein Silveira Universidade Federal do Piauí, UFPI, Brasil
  • Tamires Eidelwein Universidade Federal do Piauí, UFPI, Brasil

Resumen

O artigo apresenta e analisa as informações resultantes da sistematização de uma parcela da realidade profissional dos graduandos em odontologia em suas relações com o mercado de trabalho na região de Santa Maria. Objetiva-se compreender os fatores que influem na formação e no labor dos odontólogos nas empresas de odontologia e que matizes jurídicos e sociais preponderam. A sociologia compreensiva weberiana e a sociologia marxista são eladas ao mercado do trabalho. Com abordagem quantitativa e qualitativa em dados primários e secundários (jurisprudenciais), a pesquisa é empírica exploratória/explicativa envolta pelo método indutivo. As normas trabalhistas unem as categorias da relação de trabalho, emprego e informalidade. Concluiu-se que os odontólogos almejam relações de trabalho aptas a preservar a autonomia profissional e aprodução de renda que se eleva a partir da policontratualidade.

Biografía del autor

Paulo José Libardoni é pós-doutorando em Direito (PUC/RS) (2021), doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) (2016). Filiação institucional: Faculdade Metodista Centenário (FMC). Campo de atuação profissional: docência no urso de pós-graduação pesquisa jurídica trabalhista. Profissional liberal (advogado trabalhista). Lattes: http://lattes.cnpq.br/6569296645331863. ORCID: https://orcid.org/0000-0003-3596-9922. E-mail: libardoniadv@hotmail.com

Rodrigo Wasem Galia é pós-doutor em Direito (PUC/RS) (2019). Filiação institucional: professor do Mestrado em Direito da UFSM. Professor Adjunto de Direito do Trabalho, Direito Processual do Trabalho e de Direito Previdenciário do Curso de Direito da UFSM. Campos de atuação profissional: Direito do Trabalho, Direito Previdenciário e Processo do Trabalho. Lattes: http://lattes.cnpq.br/1102177325491661. ORCID: http://orcid.org/0000-0002-6364-0262. E-mail: rodrigogalia@hotmail.com

Gabriel Eidelwein Silveira é doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) (2016). Filiação institucional: Universidade Federal do Piauí (UFPI). Campos de atuação profissional: professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS/UFPI), coordenador do Núcleo de Pesquisas e Estudos em Estado Democrático e Sociedade Contemporânea (NEPES/PPGS/UFPI). Lattes: http://lattes.cnpq.br/3581967627700243. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-9149-0732. E-mail: dr_silveira@yahoo.com

Tamires Eidelwein é bacharel em Direito pela Universidade do Vale do Taquari (UNIVATES) (2016). Filiação institucional: Universidade Federal do Piauí (UFPI). Campos de atuação profissional: mestranda em Antropologia (PPGAnt/ UFPI), advogada, presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB (Subseção Picos-PI). Lattes: http://lattes.cnpq.br/0943227530942686. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-1935-1746. E-mail: tamidarosa@gmail.com.

Palabras clave direito, trabalho, sociologia, odontólogo.
Compartir
Cómo citar
Libardoni, P., Galia, R., Silveira, G., & Eidelwein, T. (2021). Os odontólogos em suas relações de trabalho. Revista Chilena de Derecho del Trabajo y de la Seguridad Social, 12(23), 49-74. doi:10.5354/0719-7551.2021.57498
Publicado
2021-06-24